Blog do Onyx

Liberdade | Democracia

#ROMBO: Projeção da dívida pública cresce 10%

leave a comment »

A dívida pública é um buraco negro que custa 1.95 trilhões de reais, quando o PIB é de 4.134 trilhões, ou seja, perto de um terço do PIB brasileiro. Estamos sendo arrastados irresponsavelmente para um situação de endividamento público e privado por conta da maior especulação com JUROS que se tem notícias no mundo atual. Esta bolha especulativa torna o Brasil um país caro e pouco receptivo a investimentos saudáveis, do tipo que geram empregos. É lamentável ver que este DesGoverno continuista de Lula jogue com o futuro dos brasileiros como em um cassino de apostas e lucros rápidos.

Governo projeta crescimento da dívida pública de até 10% em 2012

O governo projeta que a dívida pública federal encerre o ano entre R$ 1,95 trilhão e R$ 2,05 trilhões em 2012. Os números constam do PAF (Plano Anual de Financiamento) divulgado nesta quinta-feira (8) pelo Tesouro Nacional e representam um crescimento de 4,5% a 9,8% em relação ao estoque da dívida no ano passado.

Como a Folha antecipou nesta semana, o objetivo do governo é reduzir a participação dos títulos públicos que rendem pela Selic para cerca de um quarto da dívida. De acordo com o PAF, esses papéis comporão de 22% a 26% do total. No fim do ano passado, esses títulos correspondiam a 30,1% da dívida.

A redução faz parte da estratégia de melhorar o perfil do endividamento público. Reduzir esses títulos dá mais previsibilidade à gestão da dívida, pois aumenta a participação de papéis com rendimento prefixado ou baseado na inflação, para a qual existe uma meta oficial. Além disso, dá mais liberdade ao Banco Central, que, se necessário, pode aumentar a taxa de juros sem se preocupar com o impacto sobre as despesas com a remuneração dos investidores

Ao mesmo tempo, o alvo do PAF para títulos com remuneração prefixada é de 37% a 41%, contra participação encerrada em 2011 em 37,2%. Para papéis que rendem pela inflação a meta é entre 30% e 34% e, para os atrelados ao câmbio, entre 3% e 5%. A fatia desses títulos em 2011 foi, respectivamente, de 28,3% e 4,4%.

Em janeiro, o estoque da dívida pública federal caiu 3,5% em janeiro, fechando o mês em R$ 1,801 trilhão, ante resultado de R$ 1,866 trilhão em dezembro. O resultado é decorrente da concentração de vencimentos de títulos públicos no início do ano. Isso ocorreu porque o governo resgatou mais papéis do que emitiu, o que resultou em um saldo líquido de R$ 76,16 bilhões.

Em janeiro, o Tesouro Nacional emitiu papéis no valor de R$ 10 bilhões, recursos que foram emprestados para o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Esse lançamento já havia sido anunciado pelo governo e completa os R$ 55 bilhões autorizados no ano passado.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/poder/1058868-governo-projeta-crescimento-da-divida-publica-de-ate-10-em-2012.shtml

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: