Blog do Onyx

Liberdade | Democracia

As 14h Carlinhos cachoeira depõe na CPMI…silêncio dos inocentes ou silêncio dos coniventes?

leave a comment »

Em nenhum momento foi verdadeiro o argumento de que os advogados da defesa não tiveram acesso ao processo, muito pelo contrário, tiveram acesso até mesmo as sessões “a portas fechadas”, estavam lá, sabem dos detalhes do processo melhor que muitos parlamentares. Cachoeira ESTÁ convocado não pela benevolência do Min.  Celso Mello, mas por que foi aprovado o requerimento que o convocava.  Se prevalecer o “nada a declarar” ou respostas vazias isto só complica ainda mais a situação de Cachoeira e seus comparsas. Se ele não colaborar com este inquérito a CPI  já tem as informações oriundas da quebra dos sigilos fiscais e telefônico do contraventor.  Melhor colaborar, ou a “cobra vai fumar” mesmo com manobras advocatícias de questionável teor ético. Como dizia  W. Churchill: “você pode enganar muita gente por algum tempo, você pode enganar algumas pessoas por algum tempo, mas ninguém engana todos as pessoas por todo o tempo. ”   (Foto: Agência Liderança)


Cachoeira irá depor na CPMI, por decisão do ministro Celso de Mello

O depoimento de Carlinhos Cachoeira à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito, que investiga as relações dele com empresários e políticos, ocorrerá nesta terça-feira. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello decidiu, na noite desta segunda-feira, que a liminar concedida na semana passada perdeu a validade, uma vez que a comissão concedeu à defesa de Cachoeira acesso a todo o material disponível.

Celso de Mello também negou outro pedido feito pelo advogado do empresário e ex-ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, para que a suspensão do depoimento durasse mais três semanas. Em seu pedido, o ex-ministro da Justiça argumentou que o material da CPI é muito amplo e que não teria condição de se informar sobre tudo em apenas uma semana. O ministro do STF havia determinado o adiamento, por tempo indeterminado, do depoimento de Cachoeira, ao argumentar que o acesso à documentação da CPI é um direito constitucional daqueles investigados por elas.

Em tese, a decisão valeria até o julgamento final do STF, quando todos os ministros analisariam a questão, mas o presidente da comissão, senador Vital do Rego (PMDB-PB) enviou documento ao ministro, informando que o acesso já havia sido dado, não havendo mais motivo para a não realização do depoimento de Carlinhos Cachoeira.
A audiência marcada pela CPMI ocorrerá às 14h desta terça-feira.

Gurgel
Na quarta-feira, termina o prazo para que o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, responda as cinco perguntas enviadas por escrito pela comissão. O chefe do Ministério Público da União terá que esclarecer cinco dúvidas apresentadas pelos parlamentares: em que circunstância chegou à Procuradoria-Geral da República a investigação da operação Vegas; em que data o inquérito de tal operação chegou à Procuradoria; quais as providências adotadas na época pela PGR em relação ao inquérito; quando e em que circunstâncias a PGR teve conhecimento da operação Monte Carlo; e quais as providências adotadas.
Os integrantes da CPI alegam que o inquérito relativo à operação Vegas da Polícia Federal chegou à Procuradoria em 15 de setembro de 2009 e por lá ficou sem manifestação da instituição.

Autor: Por Redação, com Agência Senado – de Brasília
Fonte: http://correiodobrasil.com.br/pela-segunda-vez-o-depoimento-de-cachoeira-esta-nas-maos-do-ministro-celso-de-mello/456126/

Anúncios

Written by onyxlorenzoni

maio 22, 2012 às 1:31 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: