Blog do Onyx

Liberdade | Democracia

Esperamos que o deputado Marco Maia recupere o equilíbrio e o bom senso. @democratas

leave a comment »

Deputado Onyx Lorenzoni em coletiva após sessão da CPMI de Cachoeira. (Foto: Assessoria de Imprensa)

Democratas quer pedido de desculpas do presidente Marco Maia

Presidente da Câmara dos Deputados desacatou Mendonça Prado durante sessão plenária

O deputado Onyx Lorenzoni (Democratas-RS) requisitou há pouco o pedido de desculpas por parte do presidente da Câmara Federal, Marco Maia, que desacatou ontem o deputado democrata Mendonça Prado (SE) ao final da sessão plenária. “De acordo com artigo quinto do Código de Ética da Câmara dos Deputados não pode nenhum parlamentar, muito menos o presidente da Casa, perder a compostura, o equilíbrio, o respeito. Ou presidente Marco Maia se desculpa publicamente ao deputado Mendonca Prado em relação aos Democratas ou estaremos na quarta-feira fazendo a representação junto a Corregedoria da Câmara”, assegurou o parlamentar.

Durante a ordem do dia dessa quarta-feira (27) Mendonca Prado defendia a votação do Projeto de Lei 2.295/2000, que fixa em 30 horas a carga horária dos enfermeiros. Antes de encerrar a sessão, o presidente Marco Maia chamou o deputado democrata de desqualificado e acusou o partido de nunca ter se mobilizado para colocar em votação o projeto em questão. Hoje, o deputado Onyx Lorenzoni provou (arquivo anexo) que o Democratas apresentou 10 requerimentos solicitando que a matéria fosse colocada na ordem do dia, dois deles do próprio Mendonça Prado.

“Esse desequilíbrio da Câmara se refletiu numa agressão ao partido dizendo que nem o deputado Mendonca Prado nem o Democratas haviam se manifestado em relação ao projeto dos enfermeiros”, relatou Lorenzoni. “Esperamos que o deputado Marco Maia recupere o equilíbrio e o bom senso, que é a forma como deve se portar um presidente de um Poder. Se alguém usou qualquer tipo de estratégia não foi o deputado Mendonca Prado. A responsabilidade dos problemas do presidente Marco deve ser debatida pelo governo que ele representa. Mas isso não o autoriza a desacatar nenhum parlamentar“, complementou. Lorenzoni se referiu a estratégia do governo de manter a sessão sem quórum para adiar a votação da carga horária dos enfermeiros.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: