Blog do Onyx

Liberdade | Democracia

#LeiDoOnyx Amparo legal a comercialização do vinho colonial @onyxlorenzoni

leave a comment »

A atual lei contempla a grande indústria vinícola e esquece o pequeno produtor de vinho colonial.  Se torna necessário dar amparo legal a comercialização do vinho colonial, que poderá ser realizada diretamente ao consumidor final do produto, na sede da propriedade rural familiar ou em estabelecimento mantido por associação de produtores por isso proponho o projeto de Lei o Projeto de Lei 3183/12. (Foto: Fabiano Mazzotti)

Comissão discutirá a situação do vinho artesanal no Brasil

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural promove, nesta sexta-feira (6), audiência pública para discutir os Projetos de Lei 2693/11, do deputado Pepe Vargas (PT-RS), que dispõe sobre a legalização, produção e comercialização do produto Vinho Colonial; e PL 3183/12, do deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), apensado.

Segundo o deputado Alceu Moreira (PMDB-RS), que solicitou a realização da audiência, a vitinicultura Brasileira evoluiu de maneira extraordinária nas duas últimas décadas, e o Brasil produz hoje vinhos de ótima qualidade.

Mas, de acordo com o parlamentar, “a necessidade de adequação às características socioculturais, econômicas e geofísicas da agricultura familiar presentes em propriedades rurais unifamiliares produtoras de vinho colonial, acaba por protelar o processo de desenvolvimento local e regional de milhares de famílias brasileiras”.

Foram convidados:
– o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento;
– o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio;
– o ministro do Desenvolvimento Agrário;
– representante da União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra),
– representante da Associação Brasileira de Enologia (ABE);
– representante da Federação das Cooperativas Vinícolas do Estado do Rio Grande do Sul (Fecovinho)
– representante da Associação para a Promoção de Gastronomia e Vinhos, Produtos Regionais e Biodiversidade (Agavi);
– representante da União Brasileira das Vinícolas Familiares e de Pequenos Vinicultores (UVIFAM);
-representante do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin);
– representante do Sindicato da Indústria de Vinho do Rio Grande do Sul (Sindivinho);
– representante da EMBRAPA Uva e Vinho;
-representante do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – Campus de Bento Gonçalves;
– representante da Comissão Interestadual da Uva, Emater/RS-ASCAR;
– representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bento Gonçalves e região;
– representantes das Prefeituras Municipais, Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro);
– representantes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e da Universidade de Caxias do Sul (UCS);
– representante da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul).

A reunião será realizada no município de Bento Gonçalves (RS), no auditório da Embrapa Uva e Vinho, a partir das 9 horas.

Fonte: http://www.cenariomt.com.br/noticia.asp?cod=210466&codDep=1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: