Blog do Onyx

Liberdade | Democracia

Muito há que ser investigado #CPMI #Cachoeira #Delta #DNIT

leave a comment »

Agora estamos colhendo as assinaturas, para que se prorrogue a CPMI do Cachoeira. A prorrogação é importante para que se possa ouvir testemunhas do esquema montado por Cachoeira e Cavendish, para que se possa requerer mais quebras de sigilos bancários e telefônicos dos envolvidos. Este esquema, pelo que  podemos avaliar até agora, já desviou mais de R$ 420 milhões para empresas laranja ligadas a Delta, isto faz o Valerioduto e o mensalão parecerem coisa de trombadinha. Não podemos permitir que se blinde altos escalões da administração federal envolvidas com os devios da Delta. 98,9% do faturamento da Delta é dinheiro do Governo Federal e dinheiro dos Estados, isto é dinheiro público, o que é um fato. Por exemplo, o DNIT, de 2007 para cá, desde que assumo o Sr. Luiz Antônio Pagot, a Delta em alguns anos dobrou e até triplicou seu faturamento. Se juntarmos as maiores empreiteiras do Brasil, Camargo Correia, Andrade Gutierrez, Queirz Galvão, OAS, que não são empresas pequenas, são gigantes não apenas nacionais mas também internacionais,  estas 5 somadas são superadas pela Delta em três vezes no recebimento de verbas do DNIT.  Muito há que ser investigado e minha dúvida é zero de que os que hoje se esbaldam no desvio de recursos públicos vão pagar por seus crimes. Segue a notícia da Agência Câmara sobre a prorrogação da CPMI, esta notícia foi extraída do Jornal do Brasil.

Prazo de prorrogação da CPMI do Cachoeira será decidido no dia 30

No dia 30 de outubro,  a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira decidirá por quanto tempo prorrogará os seus trabalhos. Os representantes dos partidos no colegiado decidiram nesta terça-feira que os trabalhos não devem terminar no dia 4 de novembro, como estava previsto, mas não existe acordo quanto à duração do período extra.

Segundo o presidente da comissão, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), até lá a CPMI vai trabalhar apenas na análise dos dados já colhidos, sem novas reuniões ou votações.

“Os partidos entenderam que, por estarmos vivendo um período eleitoral, não poderíamos contaminar nenhuma discussão de apresentação de relatórios ou outras discussões e requerimentos neste momento”, disse o presidente.

Por causa do segundo turno das eleições municipais (28/10), os deputados e senadores que integram a CPMI também decidiram cancelar a reunião administrativa que estava prevista para esta quarta-feira e remarcá-la para o dia 31, quando deverão ser votados em bloco os requerimentos de novas convocações de testemunhas e de requisição de documentos. Mais de 500 requerimentos aguardam votação.

Assinaturas

O Psol e o PDT já estão colhendo assinaturas para que a prorrogação seja de 180 dias, o máximo permitido regimentalmente. Para a prorrogação dos trabalhos de uma CPMI, são necessárias as assinaturas de um terço dos deputados (171) e um terço dos senadores (27). O PPS, o PSDB e o DEM apoiam a iniciativa, mas não têm maioria na comissão. O senador Álvaro Dias (PSDB-PR) afirmou que é preciso tempo para analisar os dados de 29 empresas laranjas já encontradas.

Na avaliação do líder do PPS, deputado Rubens Bueno (PR), os partidos da base do governo querem um prazo muito restrito, que não permitirá que sejam apuradas todas as linhas abertas pelas investigações até agora: “Há empresas cujos sigilos fiscal e bancário têm de ser quebrados para a CPMI saber onde foram parar dezenas de milhões de reais da campanha de 2010, o que envolve governos estaduais e federal, e todo o mundo está preocupado com quem será atingido. Então, o fato é o seguinte: tem que encaminhar para o Ministério Público, porque a CPMI não quer cumprir o seu papel de investigar”.

Para o vice-presidente da comissão, deputado Paulo Teixeira (PT-SP), é preciso saber quanto trabalho terá de ser feito antes de decidir por quantos dias a CPMI será prorrogada: “Vamos ver quais requerimentos serão aprovados e assim definir uma data, e não o contrário. A prorrogação já é consensual. Nós precisamos de mais tempo, mas precisamos fazer uma definição do trabalho que nos resta”, ponderou.

Autor: Agência Câmara
Fonte: http://www.jb.com.br/pais/noticias/2012/10/17/prazo-de-prorrogacao-da-cpmi-do-cachoeira-sera-decidido-no-dia-30/

Anúncios

Written by onyxlorenzoni

outubro 17, 2012 às 11:12 am

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: