Blog do Onyx

Liberdade | Democracia

O Brasil está desgovernado (parte 2) @JC_RS @JornalOGlobo

leave a comment »

(Compartilhado do laketahoerealestateblog.com)

Crise mundial é uma perspectiva de mercados que sobem e descem, de ciclos econômicos em que agentes destes mercados se reposicionam. O mercado brasileiro poderia ter se beneficiado deste reposicionamento promovido pela crise mundial iniciada na segunda metade da década passada, quando a bolha de especulação imobiliária norte americana estourou. A crise mundial é sintoma da falta de regulação do mercado e também da falta de responsabilidade de especuladores, sempre foi um fator dúbio para o mercado brasileiro, se por um lado nossos compradores estariam com sua capacidade de aquisição de commoditties comprometida, por outro lado a demanda crescente de grãos, que agora também são combustível, de alimentos e metais transforma o Brasil na legítima bola da vez. Todos os ciclos econômicos brasileiros, calcados na exportação de commodities produzidos no setor primário agrícola e mineral, tem alta e baixa, e a baixa acontece quando outros produtores resolvem competir, reduzindo preços e dividindo lucros com outros produtores e exportadores. Ou os dirigentes brasileiros se conscientizam que estamos perdendo um momento histórico da economia mundial, que está ainda nos beneficiando, ou perderemos definitivamente o trem da história dos ciclos econômicos pela falta de competência e visão de nossas lideranças políticas. O Brasil poderia estar dominando mercados como o do biocombustível, para isso precisaria haver planejamento, diversificação da matriz do biocombustível, implementação em escala de novas tecnologias de destilação e produção de biocombustível com modelos descentralizados, estes modelos de produção descentralizada são muito conhecidos do agronegócio, por exemplo no setor leiteiro e de produção aviária e suína, em que muitas pequenas unidades juntas produzem um grande volume que atende grandes demandas. Arroz, milho, batata, uma enorme variedade de oleaginosas poderiam ser transformados em biocombustível em unidades micro e pequenas unidades espalhadas pelo Brasil todo, mas a miopia do (dês)governo Lula/Dilma preferiu especular, preferiu usar a Petrobrás como braço político, prefere importar etanol do EUA, prefere sucatear a Petrobrás, aparelhar os quadros de suas empresas com companheiros e companheiras. Definitivamente não se combate a miséria esquecendo de planejar safras e sua comercialização, falhando em abastecer mercados, dificultando a vida de produtores. Segue a reportagem do Jornal do Comércio sobre a perda de valor de empresas devido a crise mundial das bolsas.

(Compartilhado do Facebook de MacNoll Brasil Verdade)

A crise da dívida na Europa, o baixo crescimento da economia americana e as incertezas sobre a China fizeram 13 companhias dos EUA, do Brasil e do México perderem mais de US$ 10 bilhões em valor de mercado na Bolsa entre o fim de 2011 e o dia 26 de outubro deste ano. Juntas, essas companhias perderam US$ 193,3 bilhões. O levantamento foi feito pela consultoria Economática, que acompanha os números de 1.948 empresas da América Latina e dos Estados Unidos. Entre as que mais perderam valor, quatro empresas são brasileiras, oito são americanas e uma é do México.

De acordo com a análise da Economática, a maior queda da amostra é da Conocophillips, empresa americana do do setor de petróleo e carvão, que teve queda de US$ 27,1 bilhões no valor de mercado. A empresa latina com a maior perda na Bolsa é a OGX, que viu seu valor de mercado encolher US$ 16,3 bilhões de janeiro até a semana passada.

Segundo o levantamento da Economática, as outras brasileiras da lista são a Vale, Petrobras e Itaú Unibanco, que já divulgaram seus balanços relativos ao terceiro trimestre. O lucro líquido da Vale foi de US$ 1,6 bilhão, queda de 66,2% em relação ao mesmo período de 2001. A Petrobras lucrou R$ 5,5 bilhões, 12,1% a menos do que no mesmo período do ano passado e o Itaú Unibanco teve lucro líquido de R$ 3,4 bilhões, uma queda de 13% em relação ao terceiro trimestre de 2001. De acordo com a Economática, o retorno sobre o investimento (ROE) de 12 meses em setembro de 2012 da Petrobras e ItauUnibanco são os menores desde a década de 1990. Já o retorno sobre investimento da Vale equivale aos números do segundo trimestre de 2010.

“Na prática, essas empresas estão remunerando menos os acionistas”, avalia Einar Rivero, da Economática.

Percentualmente, entre as treze empresas com perda de valor superior a US$ 10 bilhões na Bolsa, a OGX é a companhia que teve a maior baixa, com queda de 69,5% do seu valor de mercado este ano. No fim de 2011, a empresa tinha valor de mercado de US$ 23,4 bilhões contra US$ 7,1 bilhões no dia 26 de outubro deste ano.

A Petrobras é a empresa com a menor queda percentual da lista elaborada pela Economática, com queda de 6,6%. No final de 2011, o valor de mercado da Petrobras era de US$ 155,4 bilhões contra US$ 145,1 bilhões no dia 26 de outubro. A Vale teve queda de 11,7% no valor de mercado (de US$ 105,5 bilhões para US$ 93,1 bilhões) e o Itaú Unibanco apresentou redução de14,4% no valor de mercado, que passou de de US$ 73,2 bilhões no fim de 2011 para US$ 61,7 bilhões na semana passada.

Veja as empresas que mais perderam valor de mercado entre o fim de 2011 e o último dia 26 de outubro:

Empresa/Perda (em bilhões de US$)

OGX Petróleo (Petróleo e gás/Brasil) 16,3

Elektra Gpo (loja de departamentos/México) 14,0

Hewlett-Pacakard (computadores/EUA) 23,4

Dell (computação/EUA) 10,2

Mondelez Internacional (alimentos/EUA) 18,8

Conocophillips (petróleo e carvão/EUA) 27,1

Shire Pharm (remédios/EUA) 10,8

McDonalds (alimentos/EUA) 15,2

Itaú Unibanco (banco/Brasil) 10,5

Occidental Petrol (petróleo e gás/EUA) 10,9

Vale (mineração/Brasil) 12,3

Intel (componentes eletrônicos/EUA) 13,6

Petrobras (petróleo e gás/Brasil) 10,2

Autor: Agência O Globo

Fonte: Jornal do Comércio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: