Blog do Onyx

Liberdade | Democracia

Dilma se preocupa com violência em Gaza e esquece violência em casa. #segurança #apagão

with 4 comments

Explica Dr. Tarso, por que nossa BM é tão pessimamente remunerada? Só o pior do Brasil, lembra o caso dos nossos professores que não ganham o piso obrigatório por lei. Afinal o que há que o RS está tão sem recursos? Nem lá e nem aqui? A conta é simples, o dinheiro que sobra na corrupção, no desvio é o que falta na UTI, no posto de polícia e na escola.

A presidenta incompetenta quer falar de violência em Gaza e ignora a violência em casa. Policiais assassinados em série, falta de munição e armas para as polícias, forças de segurança com armamentos inferiores aos dos bandidos, desmantelamento das polícias de fronteira que não tem contingente para dar conta da fiscalização, salários abaixo da média, entre outros problemas endêmicos de falha na segurança pública. Ou seja, estamos diante do apagão da segurança evidente, a olhos vistos. No caso do RS é mais absurdo ainda, somos um dos estados que PIOR paga seus policiais militares, será que este é o resultado do alinhamento das estrelas? Nem lá, nem aqui existe segurança. O descaso com a vida das pessoas é a marca dos governos do PT que não priorizam saúde e segurança, atribuições que os governos tem por força de lei, mas que NÃO cumprem. O cidadão brasileiro, que paga os mais altos impostos do mundo, tem os recursos tirados de seu bolso e não consegue andar em ruas policiadas ou ser atendido em postos e hospitais que possam realizar cirurgias de média e alta complexidade. A conta é simples, o dinheiro que sobra na corrupção, no desvio, na maracutaia é o que falta na UTI, no posto de polícia e na escola. Segue a reportagem do jornal O GLOBO sobre o pedido de Dilma ao Conselho de Segurança da ONU.

Dilma pede convocação de Conselho de Segurança para discutir conflito em Gaza

A presidente telefonou para o Secretário-Geral da ONU a pedido do Egito. Ban Ki-Moon pede cessar-fogo e voará à região

MADRID. A pedido do Egito, a presidente Dilma Rousseff telefonou, na noite deste domingo, para o Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, pedindo que ele convoque o Conselho de Segurança na busca de uma solução para o conflito entre Israel e a Palestina. Marco Aurélio Garcia, assessor especial da Presidência, criticou a inércia do Conselho quanto se trata de Israel e Palestina:

— Em qualquer assunto, como foi no caso do Congo, o Conselho de Segurança da ONU se reuniu imediatamente. Mas quando se trata do Oriente Médio, nada. Não dá para continuar esta inércia no tratamento do Oriente Médio!

Também neste domingo, Ban Ki-Moon pediu, em comunicado, Israel e Palestina trabalhem com o Egito visando um cessar-fogo:

— Isto deve parar. Exorto firmemente as partes a cooperar com os esforços liderados pelo Egito pela obtenção de um cessar-fogo imediato. Qualquer escalada maior inevitavelmente aumentará o sofrimento da população civil afetada e deve ser evitada — defendeu.
Ban deverá viajar à região para dar auxílio aos esforços de cessar-fogo, mas seu itinerário não foi divulgado. Ele se disse “profundamente triste” com as notícias de civis mortos neste domingo.

Dilma conversa com presidente do Egito
Pela manhã, a presidente Dilma conversou por telefone com o presidente do Egito, Mohamed Mursi, que tem atuado na negociação de paz. Segundo a Presidência, foi Mursi quem pediu para falar com ela. O assessor especial de assuntos internacionais da Presidência, Marco Aurélio Garcia, não descartou a hipótese de o Brasil participar de uma mediação no conflito:

— O Brasil sempre disse como intermediou mediação em várias outras ocasiões, em outras crises.
Mas disse que o telefonema de Mursi não foi para discutir ou propor mediação, mas sim fazer uma “consulta” sobre a posição do Brasil:

— Ele (Mursi) ficou muito satisfeito com a posição brasileira. Vamos continuar acompanhando a situação. No momento atual tudo indica que haverá possibilidade de uma posição mais negociada e de curto prazo.
Marco Aurélio criticou severamente o chamado quarteto para o Oriente Médio — isto é, as potências encarregadas de propor uma solução para o conflito — Estados Unidos, Rússia, União Europeia e ONU. Para Marco Aurélio, uma solução negociada no curto prazo é possível, mas no longo prazo é mais complexa :

— O grande problema é seguinte: o buraco está mais embaixo. Enquanto continuar essa política intransigente e esta desídia das grandes potências em relação ao conflito, esses fenômenos (os conflitos) vão se multiplicar.

Ele imagina que com uma crise grave como esta isto possa representar um “puxão de orelha” nos governantes.

— Em primeiro lugar (puxão de orelha) no quarteto, que está se ocupando mal do assunto. Em segundo lugar, que esse assunto seja levado ao Conselho de Segurança da ONU. Enquanto o Conselho não discutir isso…O ponto mais crítico de segurança entre Palestina e Israel não é discutido no Conselho de Segurança!

Há apenas dois meses, o quarteto saiu de um encontro em Nova Iorque sugerindo um acordo final de paz entre israelenses e palestinos “antes do final de 2012” e anunciando que um encontro preparatório seria organizado um mês depois para fechar a agenda da negociação. O que se produziu, no lugar disso, foi uma escalada da violência como há anos não ocorria.

Marco Aurélio também se mostrou preocupado com a sorte da região como um todo. Desde o início, segundo ele, o governo brasileiro está alertando que o problema na Síria iria agravar a situação no Oriente Médio, pois mexe com as situações no Líbano, na Jordânia. Sobre se o governo brasileiro vai ou não reconhecer o Conselho Nacional da Síria (a oposição) como interlocutor no país, como fez a França, ele disse que esta questão não foi colocada na mesa.

— Tem que examinar essa situação. A França deve ter seus argumentos.
Marco Aurélio disse que o não falou nem com autoridades israelenses nem com palestinos desde o início do conflito. O comunicado condenando a violência e pedindo solução pacífica apresentado ao Conselho de Segurança da ONU, segundo o assessor da presidência, foi feito em nome de todos os países-membros do Mercosul “para dar mais força”.

Já o novo comando islamista do Egito tem dito que não vai deixar Gaza —território palestino que está no centro do conflito e é dominado pelo grupo islamista Hamas — sozinha.

— O Egito de hoje não é o Egito de ontem, e os árabes de hoje não são os árabes de ontem — alertou Mursi na sexta-feira, segundo a agência estatal do Egito, Mena.
Nos bastidores, o Egito — o único da região, junto com Jordânia, a ter tratado de paz com Israel — quer evitar a qualquer custo uma escalada no conflito entre palestinos e israelenses.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/mundo/dilma-pede-convocacao-de-conselho-de-seguranca-para-discutir-conflito-em-gaza-6762375#ixzz2Dtj94QQA
© 1996 – 2012. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Fonte: O GLOBO

ESTADO DA BRIGADA MILITAR – O RS um dos estados que PIOR paga seus policiais militares. Será que este é o resultado do alinhamento das estrelas? Nem lá, nem aqui existe segurança? O descaso com a vida das pessoas é a marca dos governos do PT que não priorizam saúde e segurança. (Foto compartilhada do zerohora.clicrbs.com.br)

Anúncios

4 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Isto é PURO DEBOCHE! DONA DILMA acorde, o BRASIL ESTÁ VIVENDO UMA GUERRA CIVIL SEM PRECEDENTES EM SUA HISTÓRIA e a SENHORA “PEDIRÁ para que o CONSELHO DA ONU se reuna”? para resover o CONFLITO na FAIXA DE GAZA?
    E quem a SENHORA irá PEDIR PARA SE REUNIR para ACABAR DE VEZ com a VIOLÊNCIA QUE SE ALASTRA PELO BRASIL??CENTENAS DE PESSOAS MORTAS, POLICIAIS, CIVIS, e nós SEM VER UMA LUZ NO FIM DO TÚNEL. O BRASIL ainda não mudou sua GEOGRAFIA, por enquanto ESTAMOS NA AMÉRICA DO SUL. Acorda DONA DILMA!

    Rosângela Medeiros

    novembro 20, 2012 at 10:32 pm

  2. Concordo plenamente com tudo o que aqui foi postado. É uma luta contínua que vem se arrastando por dezenas de anos.

    Jandyra Ramos

    novembro 20, 2012 at 1:48 pm

  3. Nosso Estado Gaúcho assim, como a geografia nacional mostra, está na base da pirâmide do governo, seja ele federal ou estadual, é inaceitável a condição a qual o nosso Estado está a ser visto pelos poderes estaduais e federais. Vergonhoso saber que um profissional que zela pela segurança da sociedade, recebe igual ou até menos que um contínuo num escritório.

    Tiago Rocha Alves

    novembro 20, 2012 at 12:09 pm

  4. Uma outra especialidade dos desgovernos do pt é formar cabides de empregos para empregar cabos eleitorais e outros puxa-sacos e incompetentes.

    Almerindo

    novembro 19, 2012 at 7:10 pm


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: