Blog do Onyx

Liberdade | Democracia

O crime organizado infiltrado no governo desafia nossa justiça e debocha do cidadão

with 2 comments

Cachoeira, liberado por um Habeas Corpus, curte praias de luxo com o dinheiro que desviou do contribuinte. Isto é uma vergonha, ver mafiosos envolvidos com esquemas de desvio de verbas públicas aproveitando a vida e gastando o dinheiro roubaram. Isto desanima o cidadão honesto e desafia nossa justiça. (Compartilhado de ultimosegundo.ig.com.br)

Cachoeira, liberado por um Habeas Corpus, curte praias de luxo com o dinheiro que desviou do contribuinte. Isto é uma vergonha, ver mafiosos envolvidos com esquemas de desvio de verbas públicas aproveitando a vida e gastando o dinheiro que roubaram. Isto desanima o cidadão honesto e desafia nossa justiça. (Compartilhado de ultimosegundo.ig.com.br)

O contador de Cachoeira tenta seguir os passos do chefe, afinal por que ser um foragido se ter habeas corpus é muito melhor e mais seguro? Habeas Corpus não foi inventado para proteger mafiosos ligados a governos e que roubam do bolso do cidadão. A lógica do crime organizado é perverter as leis e aos tribunais, isto não é novidade. Descumprir a lei não é uma questão ideológica para eles, e sim usá-la em seu favor de forma pragmática. Isto é uma perversão da ordem e do sentido das leis; deveria ser coibido por nossos magistrados. Os mafiosos infiltrados no governo são movidos pelo dinheiro que podem desviar, seja burlando a lei ou não, de dentro ou de fora da prisão, de forma velada ou escancarada. A sociedade brasileira precisa estar atenta, e não aceitar que criminosos que desviam e ajudam a desviar verbas públicas fiquem impunes, livres e curtindo a vida com o dinheiro roubado. Os habeas corpi concedidos a estes espertalhões e que beneficiaram mafiosos que se calaram em CPIs, permitem a criminosos sob investigação curtirem o verão numa boa, ao exemplo de Cachoeira. Isto é uma vergonha para nosso país e faz o cidadão honesto se sentir feito de palhaço. Os magistrados brasileiros precisam se sensibilizar com isso e estarem atentos para o fato de que a credibilidade de nossas instituições democráticas está sendo desafiada pelo crime organizado. Não podemos esquecer que Cachoeira está operando o maior esquema de desvio de verbas públicas já flagrado neste país, um esquema muitas vezes maior que o mensalão e que foi exposto em vários momentos da CPMI do Cachoeira. Segue a reportagem da Folha de São Paulo sobre a tentativa de Habeas Corpus pelo contador de Carlos Cachoeira. 

Único foragido da Monte Carlo, contador de Cachoeira se entrega

Único foragido da Operação Monte Carlo, o contador Geovani Pereira da Silva, o Geo, entregou-se na manhã desta segunda-feira à Polícia Federal de Anápolis.

Segundo a PF, ele estava acompanhado de seu advogado e apresentou-se espontâneamente por volta das 9h40 na delegacia da Polícia Federal da cidade. Ele deve ser transferido para Goiânia ainda hoje.

Silva, apontado como um dos principais integrantes da quadrilha liderada por Carlinhos Cachoeira, estava foragido desde que a operação Monte Carlo da Polícia Federal foi deflagrada, em fevereiro de 2012.

O contador é apontado pela Polícia Federal como tesoureiro do esquema de Cachoeira. Perícias em sigilo bancário feitas pela PF, mostram que Pereira sacou os recursos de uma conta bancária em nome de uma empresa em Brasília chamada Alberto e Pantoja Construções e Transportes Ltda. Ela não existe no endereço declarado. Essa empresa, segundo a investigação, foi criada em fevereiro de 2010 somente para receber dinheiro da Delta.

No dia 11 de maio de 2010, a Pantoja abriu uma conta bancária na agência do banco HSBC em Anápolis (GO), terra natal de Cachoeira. Onze dias depois, a Delta começou a transferir dinheiro para esta conta, conforme mostram os extratos.

Como a Folha revelou, foi Pereira quem sacou no ano eleitoral de 2010 R$ 8,5 milhões que saíram dos cofres da construtora Delta, empresa que detém contratos milionários com o poder público.

Procurado pela reportagem, Calisto Abdala Neto, advogado de Silva, informou que apresentou pedido de habeas corpus no início da tarde e espera que ele seja julgado até amanhã.

De acordo com a denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal, Silva era homem de confiança de Carlinhos Cachoeira, responsável pela contabilidade e pela representação legal da quadrilha. Ele controlava empresas de fachada utilizadas para efetuar e receber pagamentos.

No início de dezembro, ele foi condenado pela 11ª Vara Federal de Goiás a 13 anos e quatro meses de prisão. O advogado de Silva recorreu contra a decisão.

OPERAÇÃO

A Operação Monte Carlo desarticulou um esquema de exploração de jogos ilegais na região Centro-Oeste. As investigações indicaram o envolvimento de agentes públicos e privados com o empresário Carlos Augusto Ramos, Carlinhos Cachoeira.

O empresário já foi condenado a cinco anos de prisão em regime semiaberto pela Justiça do Distrito Federal e responde ainda a outro processo em Goiânia decorrente do mesmo caso, além de ter sido alvo de mais uma denúncia por parte do Ministério Público Federal.

Ele responde aos processos em liberdade desde dezembro, quando conseguiu um habeas corpus.

Autores: FERNANDO MELLO (DE BRASÍLIA) CAROLINA DE ANDRADE (DE SÃO PAULO)

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/poder/1214560-unico-foragido-da-monte-carlo-contador-de-cachoeira-se-entrega.shtml

Anúncios

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. LUXÚRIA, LADROEIRAS, LALELILO LULLLADRÃO. LUÍS INÁCIO DA SILVA, CONHECIDO PELA ALCUNHA DE LULA, SE TORNOU A MAIOR VERGONHA DO SECULO XX1, NO BRASIL. OS LIVROS DE HISTÓRIA, DENTRO DE ALGUNS ANOS, VÃO REVELAR TODA MÁFIA E BANDIDAGEM DESSE CANHALHA. ASSINA: EDVALDOLEITE, COM CORAGEM E SEM MEDO, MAS QUASE PERDENDO A ESPERANÇA.

    EDVALDO LEITE

    janeiro 16, 2013 at 3:13 pm

  2. Será que a maioria dos brasileiros está roubando e por isto não se importa com tanta patifaria ?
    As CPi do Cachoira ,da Petrobras ,da Ongs, do DENIT (que nem começou) dos bingos , a não quebras dos sigilos bancário,telefônico e fiscal da Rosemary,principal personagem da operação lulagate,a posse de Genuíno no congresso aonde vai receber altos salários para pagar as multas dos crimes que cometeu , são vergonhas nacionais.O povo está anestesiado com tanta bandalheira e não reage.

    Mario Jorge de Assumpção

    janeiro 16, 2013 at 11:41 am


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: