Blog do Onyx

Liberdade | Democracia

Os brasileiros e as brasileiras nunca mais aceitarão ser enganados

with 5 comments

Discurso do Deputado Onyx Lorenzoni, às 14h56min de sábado, dia 16 de abril de 2016, na mais longa sessão da história da Câmara Federal. Durante mais de 40 horas e feitos 246 discursos, os deputados discutiram o parecer para abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.  No domingo, com quórum de 511 parlamentares, apenas dois não compareceram, foi votada e aprovada a instauração do processo por 367 votos a favor e 137 contra.

img20160416185446804419MED“A primeira palavra desta tribuna é contigo, Lula. Tu te lembras do dia 13 de setembro de 2010, na campanha da Dilma, sobre um caminhão em Joinville?
Lula disse: “Precisamos extirpar o DEM da política brasileira!”.
Anota esses nomes, Lula: Abel Mesquita Jr., Alberto Fraga, Alexandre Leite, Carlos Melles, Claudio Cajado, Efraim Filho, Eli Corrêa Filho, Elmar Nascimento, Felipe Maia, Francisco Floriano, Hélio Leite, Jorge Tadeu Mudalen, José Carlos Aleluia, Juscelino Filho, Mandetta, Marcelo Aguiar, Marcos Rogério, Marcos Soares, Mendonça Filho, Misael Varella, Missionário José Olimpio, Moroni Torgan, Onyx Lorenzoni, Pauderney Avelino, Paulo Azi, Professora Dorinha Seabra Rezende, Rodrigo Garcia, Rodrigo Maia e Sóstenes Cavalcante. Esses, Lula, foram os combatentes do bem e os heróis do DEM.
Desde 1º de janeiro de 2003, quando tu assumiste o poder, nós estivemos numa oposição firme ao teu projeto, porque, desde sempre, nós somos completamente diferentes. Nós respeitamos a Constituição. A nossa diferença é como praticamos e pensamos a democracia. Para nós, um valor; para ti e tua gangue, um instrumento de poder e fortuna.
Lula, desonraste a confiança do povo brasileiro! A partir de amanhã, pelo trabalho do Democratas, o teu projeto de poder vai acabar e tu estarás ao alcance do Dr. Sérgio Moro e dos jovens promotores de Curitiba, que resgataram a dignidade e a esperança do povo brasileiro.
Como dizem na minha terra, Lula, deu pra ti!
Agora é contigo, Dilma.
Eu poderia ficar aqui por muito tempo, Deputados, listando toda a sujeira promovida pelos Governos de Dilma, da ELETROBRAS ao DNIT, do BNDES aos fundos de pensão, o petrolão, as denúncias do líder do Governo, Delcídio do Amaral. Roubaram e deixaram roubar, enquanto enganavam as pessoas, com um mundo virtual, paralelo, que só existe na cabeça dos petistas, na propaganda do PT e de seus governos.
O que tu nunca entendeste, Dilma, é que o povo brasileiro te deu uma oportunidade para governar e não uma autorização para iludir, mentir e roubar.
Desde a Carta Magna, as democracias modernas se esforçam para limitar o poder dos governantes, porque esse é um princípio fundamental para defender o bem mais precioso dos cidadãos do mundo todo, que é a sua liberdade.
Com as tuas pedaladas, tentaste roubar esse patrimônio dos brasileiros. Ao quebrar a Lei de Responsabilidade Fiscal, Dilma, destruíste, por um ato de vontade exclusivamente teu, um patrimônio que traz segurança aos brasileiros.
Há 60 anos, a nossa legislação prevê o crime de responsabilidade. Paulo Brossard de Souza Pinto, há 50 anos, ensinou-nos o caminho do impeachment. Miguel Reale Júnior, Hélio Bicudo e Janaina Paschoal fizeram o pedido, e aqui está o relatório Jovair, que vai ser aprovado por ampla e absoluta maioria de mais de 370 votos.
Dilma, acabou! Se te resta, Dilma, alguma dignidade, renuncia, antes que o processo chegue ao Senado Federal, para trazer um pouco de paz a esse povo que tu tanto agrediste com a tua prepotência, com a tua arrogância e com a tua incompetência!
A minha terceira palavra, senhoras e senhores, é direcionada aos gaúchos, às gaúchas e aos brasileiros. Sabem o que nos dá legitimidade para estar aqui neste momento? O maior movimento de massas que já aconteceu no mundo. Seis milhões de brasileiros foram às ruas para pedir o fim deste Governo corrupto, enganador e mentiroso.
Por vocês, brasileiros e brasileiras, estamos aqui, legitimados, e com a Constituição na mão cumpriremos amanhã o nosso dever de dar um basta nessa quadrilha e nesse Governo que infelicita a Nação.
O último recado é àqueles que chegarão ao poder: tenham bem claro que os brasileiros e as brasileiras nunca mais aceitarão ser enganados! A cidadania está na mão das pessoas, o poder está na mão dos brasileiros. Amanhã, a esperança, que foi roubada pelo PT, com a graça de Deus, retornará, e nós poderemos dizer: viva o Brasil e viva os brasileiros! “

Anúncios

Written by onyxlorenzoni

abril 19, 2016 às 4:27 pm

5 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. ´´
    ´
    É isso aí,nobre deputado os gaúchos estão contigo

    Ronaldo Dresch

    abril 28, 2016 at 3:23 am

  2. Temos orgulho de termos no Congresso nacional, parlamentar atuante como Sr, continues assim, com ética, honra, tenacidade, hombridade, caráter,que sempre contaras com meu voto e de alguns amigos, pois politica se fazem como o Sr esta fazendo, acompanho deste o tempo de quando eras deputado estadual, pode contar com este gaúchos por estes pagos de Sta Maria. Meus parabéns, continue assim Depuatado Onyx Lorenzoni.

    acendino barboza gharcia

    abril 21, 2016 at 9:24 pm

  3. Este foi o melhor pronunciamento de um parlamentar na assembleia de votação da admissibilidade do impeachment da presidente. Lucido e coerente, abordou todas as questões importantes que estavam sendo tratadas na sessão. Feito por um parlamentar gaúcho que nos orgulha e que nos representa. PARABÉNS Onix Lorenzoni, o RGS e o povo brasileiro está contigo.

    REMI ANTONIO MENTI

    abril 19, 2016 at 6:08 pm


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: