Blog do Onyx

Liberdade | Democracia

Balanço da violência no país mostra que política de segurança fracassou, aponta Onyx

leave a comment »

O deputado Onyx Lorenzoni (Democratas-RS) fez um comparativo entre indicadores da violência urbana no país e no mundo para comprovar que a política de Estado para a segurança pública nos últimos 11 anos fracassou.

Em seu balanço, o democrata lembrou que, embora o país só represente cerca de 2,8% da população mundial, o Brasil responde por 11,46% dos assassinatos de todo o planeta.

“No mundo todo foram 437 mil pessoas assassinadas. Destas, 50.108 foram no Brasil. Respondemos ainda por 11 entre as 30 cidades mais violentas de todo o globo”, alertou Onyx.

Os dados foram apresentados nessa terça-feira (15/4), na Câmara de Deputados. O parlamentar gaúcho ainda lembrou que a taxa de homicídios no país chega a ser quase quatro vezes maior do que a taxa mundial e que uma recente pesquisa do Datafolha apontou que 21% dos entrevistados teve “um parente ou amigo” assassinado nos últimos 12 meses.

 Onyx segurança

“Isso demonstra claramente que toda aquela proposta do PT, carregada em um discurso ideológico de desarmar a população civil brasileira, não deu certo. E o que é mais grave: o governo desarmou o cidadão de bem e retirou a possibilidade da pessoa defender a si e a sua família. Nós temos que deixar muito claro que bandido não é vítima da sociedade como diz o governo petista. O bandido escolhe ser bandido”, defendeu Onyx.

O democrata acredita que o argumento dos direitos humanos tem sido usado de forma equivocada e prejudicial à manutenção da ordem no país. “Eles têm que escolher o lado em que vão ficar. Se vão ficar do lado da sociedade, protegendo os trabalhadores e as pessoas de bem; ou se vão ficar passando a mão na cabeça de bandido”, sugeriu.

A segurança pública tornou-se uma das bandeiras principais do Democratas na Casa, com ações e projetos da legenda que versam sobre a causa. “Nós precisamos esclarecer de uma vez por todas que lugar de bandido é na cadeia, e lugar de cidadão de bem é livre e solto nas ruas”, definiu.

por assessoria de imprensa

Written by onyxlorenzoni

abril 16, 2014 at 10:21 am

Comissão externa que investiga Petrobras tem roteiro traçado

leave a comment »

Requerimento de Onyx solicita cooperação jurídica internacional da PGR

 

A comissão externa para acompanhar as investigações efetuadas pelo Openbaar Ministerie (Ministério Público da Holanda) acerca das operações da empresa SBM Offshore com a Petrobras teve sua primeira reunião na manhã desta quarta-feira (9/4). Um roteiro de atuação foi traçado com a aprovação de requerimentos importantes para a coleta de dados do colegiado que investiga as denúncias de pagamento de propina a funcionários da estatal.

O representante do Democratas, deputado federal Onyx Lorenzoni (RS), propôs um requerimento em que solicita a cooperação da Coordenadoria Jurídica Internacional da Procuradoria Geral da República (PGR). De acordo com ele, este é um passo necessário para a apreciação de documentos que serão obtidos de investigações estrangeiras.

“Todas as relações que podem ser construídas com o Ministério Público holandês têm que passar pela Procuradoria para que os documentos possam ser validados ao chegar no país”, explicou Onyx. Ele reforça que o início dos trabalhos na comissão externa é só o primeiro passo para passar a limpo as inúmeras irregularidades encontradas na Petrobras.

“A ação que nós desenvolvemos hoje, aqui na comissão externa, só vai aumentar a pressão para que a CPI saia. Temos plena consciência de que essa comissão vai abrir a investigação e vai buscar demonstrar de maneira clara que isso tem que ser ampliado”, declarou o democrata.  Onyx Petrobras

Convites

Outros requerimentos importantes foram aprovados durante o encontro. O empresário Júlio Faerman, apontado como responsável por intermediar pagamentos de propina a funcionários da petroleira brasileira, foi convidado a participar de audiência pública sobre o tema. A comissão também acordou em visitar Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras, que está preso pela Polícia Federal em Curitiba devido à Operação Lava Jato.

Resposta a Lula

Com o avanço dos trabalhos, Onyx também lamentou as recentes declarações do ex-presidente Lula e associou o comportamento do petista à mesma postura adotada antes de se iniciar a CPI dos Correios, que terminou com o escândalo do Mensalão.

“O presidente Lula disse em declarações que tem que defender a Petrobras com unhas e dentes, que tem que ir pra cima da oposição. Na época da CPI dos Correios ele fez essa mesma fanfarronice e acabou do jeito que acabou. A Petrobras não é do governo, é dos brasileiros. O presidente Lula tem que parar de fazer esse tipo de insinuação. Não queremos em nenhum momento colocar em risco a empresa, queremos que ela volte a ser como era no passado: administrada profissionalmente, com quadros técnicos competentes que a transformaram em uma das maiores empresas do mundo”, defendeu.

por assessoria de imprensa

Written by onyxlorenzoni

abril 9, 2014 at 2:28 pm

Onyx pede ao Exército estudo para permissão de venda e porte de spray de pimenta

leave a comment »

Hoje, no Brasil, uma mulher não pode usar um spray de pimenta para se defender no caso de estupro

O deputado Onyx Lorenzoni (Democratas-RS) discutiu, com o Comando Logístico do Exército, em Brasília, a possibilidade de modificação da legislação para permitir que o cidadão possa comprar e portar sprays de pimenta como defesa pessoal. O deputado defende que permissão em quantidade reduzida com regras claras para aquisição do spray no comércio. O comando do Exército se comprometeu a realizar um estudo em até 30 dias sobre o tema. Onyx e exercito

O Brasil é um dos países do mundo, que por falta de regulamentação, o cidadão não pode adquirir um spray de pimenta para defender a sua integridade. “Alguns brasileiros tem, porque adquiram no exterior e trazem ilegalmente pro Brasil. E isso não é razoável. Então eu fui discutir com o Comando do Exército a possibilidade de se abrir um estudo e um trabalho, junto com a Câmara dos Deputados. No sentido de ter autorização para que o spray de pimenta numa versão reduzida pudesse ser disponibilizado no comércio. Com regras, controle e manual de uso. Já que hoje, com a insegurança crescendo no Brasil, isso pudesse ser utilizado por jovens, mulheres, idosos. Um mecanismo de defesa importante e que atualmente não está ao acesso da população brasileira que vive um momento de muita insegurança. Estamos trabalhando a possibilidade, ainda neste ano, que o cidadão e a cidadã brasileira possam legalmente no comércio adquirir o spray de pimenta. Ajuda, principalmente,  naqueles crimes de menor potencial ofensivo que podem dissuadir um bandido, um drogado, um aproveitador. Agora, com estes episódios no metro de SP e no RJ um spray de pimenta é uma segurança a mais que se poderia colocar a disposição das pessoas”, destaca o deputado Onyx Lorenzoni. 

efeitos-fisicos-spray-de-pimenta

Written by onyxlorenzoni

abril 4, 2014 at 4:41 pm

Precariedade da rede ferroviária é tema de audiência pública requerida pelo deputado Onyx

leave a comment »

Escoamento da produção agrícola é drama que afeta todo o país, justifica o vice-presidente da Comissão de Agricultura

 

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta, 2 de abril, requerimento do deputado federal Onyx Lorenzoni (Democratas), para realização de audiência pública em que será discutida a precariedade do sistema ferroviário do País que prejudica, principalmente, o escoamento da produção agrícola brasileira. O evento será realizado no próximo dia 16, às 9h30min, em Brasília.

 trilho

Onyx, que está na vice-presidência da CAPADR, destaca que existe uma dificuldade muito grande na composição em diversos modais – rodoviário, ferroviário e fluvial – no que diz o transporte de commodities no Brasil. “Todo o debate que havia surgido estava localizado fundamentalmente no Centro Oeste. Mas, esse é um drama que afeta o país todo, do Sul ao Norte do Brasil. Só no meu estado, são 3.000 Km de ferrovias no RS. E a atual concessão só opera, e ainda precariamente, em 2.000 Km. Tem 1.000 Km de estrada de ferro, em meu Estado, que não tem utilização nenhuma. Está crescendo mato!”ressalta o parlamentar democrata.

Lorenzoni afirma que será uma audiência pública importantíssima, pois abrirá a possibilidade de se dar um andamento mais adequado. “Hoje, um dos grandes gargalos da produção agrícola brasileira é justamente a logística. E se pudermos melhorar o modal ferroviário, nós vamos baixar o custo e ser mais eficientes”, destaca o deputado Onyx.

 

São convidados para a audiência: Senadora Kátia Abreu – Presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil – CNA; Márcio Lopes de Freitas – Presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras – OCB; Jorge Luiz Macedo Bastos – Diretor-Geral em Exercício da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT; Elizabeth Farina – Diretora Presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar – Única; Glauber Silveira da Silva – Presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Soja – Aprosoja Brasil; Miguel Rubens Trann – Diretor Presidente da Associação dos Produtores de Bioenergia do Estado do Paraná – Alcopar; Marcos Lutz – Presidente da Cosan S.A. Indústria e Comércio; Alexandre Santoro – Presidente da ALL – América Latina Logística S.A.; José Lúcio Lima Machado – Presidente da VALEC – Engenharia, Construções e Ferrovias S.A.; e Daniel Rochenbach – Presidente da Rumo Logística Operadora Multimodal S/A.

por assessoria de imprensa

Written by onyxlorenzoni

abril 3, 2014 at 4:34 pm

Oposição protocola CPMI da Petrobras

leave a comment »

Líderes da oposição protocolaram há pouco o requerimento de criação da CPI mista pra investigar denúncias de corrupção na Petrobras. Foram 232 assinaturas de deputados federais e 30 de senadores, bem acima das 171 (Câmara) e 27 (Senado) mínimas exigidas para instalação da comissão.

Assinatura CPI 050 onyx

 

cpi petrobras protocolo

por assessoria de imprensa, com informações da Liderança do Democratas

Written by onyxlorenzoni

abril 2, 2014 at 4:37 pm

Empossada Comissão Externa para investigar SBM Offshore e Petrobras

leave a comment »

Deputado federal Onyx é o único parlamentar gaúcho na comissão

 

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, instalou, nesta quarta-feira, dia 2, a Comissão Externa para acompanhar as investigações efetuadas pelo Openbaar Ministerie, em Amsterdam, Holanda, acerca das operações e procedimentos no Brasil da Empresa SBM Offshore, cuja sede situa-se naquele País, e que envolvem possíveis práticas de suborno.

Dentre os oitos parlamentares empossados nesta comissão, o deputado federal Onyx Lorenzoni (Democratas) é o único gaúcho. Também são membros os deputados Luiz Alberto (PT-BA), Lucio Vieira Lima (PMDB-BA), Paulo Magalhães (PSD-BA), Anthony Garotinho (PR-RJ), Mário Negromonte (PP-BA) Carlos Sampaio, (PSDB-SP) e Fernando Francischini (SDD-SP).  Comissao petrobras

Uma primeira agenda de trabalho já foi definida pelos integrantes desta comissão, que se reúne na próxima terça (8), às 10 horas.

A SBM Offshore fornece equipamentos à Petrobras e teria pagado propina para conseguir contratos de locação de plataformas petrolíferas entre os anos de 2005 e 2012.

Para apurar a denúncia e recolher informações, a comissão vai fazer visitas à Controladoria Geral da União, Tribunal de Contas da União, Ministério Público Federal e à própria Petrobras. Em seguida, o grupo deve seguir para a Holanda, onde fica a sede da SBM.

 

Por assessoria de imprensa, com informações da Agência Câmara Notícias

Dep. Onyx é o único gaúcho a integrar comissão que vai investigar Petrobras

leave a comment »

13431187444_84de254934_z

Posse dos oito parlamentares está marcada para quarta, dia 2 de abril, na Câmara Federal.

A Comissão Externa criada na Câmara Federal para investigar denúncias de corrupção na Petrobras e que envolvem um suposto esquema de pagamento de propina da empresa SBM Offshore a funcionários e intermediários da estatal será instalada na quarta-feira, 2 de abril.

O grupo terá a coordenação do deputado Maurício Quintella (PR-AL), escolhido pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Os demais integrantes são o gaúcho Onyx Lorenzoni, secretário geral do Democratas; o ex-líder do PSDB, Carlos Sampaio (SP); o líder do Solidariedade, Fernando Francischini (PR); Lúcio Vieira Lima (PMDB/BA); Luiz Alberto (PT/BA); Mário Negromonte (PP/BA) e Anthony Garotinho (PR/RJ).

Link para ofício do presidente da Câmara dos Deputados, criando comissão:

PresidênciaCâmara

Written by onyxlorenzoni

março 28, 2014 at 12:11 pm

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 112 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: